Angola reajusta salário mínimo da função pública em 8,7%

O governo angolano actualizou o salário mínimo da função pública para 8.609 cuanzas, um aumento de 8,78%, atendendo à inflação acumulada e a esperada.

 

 

Este ajuste ficou decidido na 3ª reunião do Conselho de Ministros, que aconteceu quarta-feira sob a orientação do presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

O reajuste salarial teve em consideração o aumento do salário nominal e a reposição do poder de compra do mesmo, devido à diferença entre a inflação acumulada e a prevista no Orçamento Geral do Estado de 2007, segundo o comunicado final da reunião.

Segundo o documento do órgão colegial do governo, o salário mínimo nacional garantido aos trabalhadores da função pública passou para 8.609 cuanzas.

O último reajuste salarial foi feito no princípio de 2007, atingindo os 6.272 cuanzas.

O executivo angolano fixou também o valor mínimo da aposentadoria e ajustou as pensões de invalidez e de sobrevivência, cujos montantes não foram revelados.

Foram ainda actualizadas as pensões atribuídas em regime especial aos antigos combatentes, dos deficientes físicos de guerra e familiares de combatentes.

 

                                                          PATROCINADORES